15 Tipos de chapéus femininos - seus nomes e características
15 Tipos de chapéus femininos - seus nomes e características

15 Tipos de chapéus femininos – seus nomes e características

Hey, Habib! A Revista Oka traz 15 tipos de chapéus femininos para você não confundir mais os nomes e suas respectivas características. O termo chapéu derivou do francês antigo chapel, hoje, chapeau. O acessório surgiu há centenas de anos com os povos primitivos da pré-história. Inicialmente era usado para a proteção da cabeça contra as intempéries. Entretanto, com a evolução da humanidade, ele foi adquirindo também uma função estética.

Com nosso país tropical, os chapéus deveriam ser ainda mais populares, sendo comumente usados com a mesma importância que o protetor solar. Porém, culturalmente, ele acaba sendo atrelado mais ao estilo pessoal de alguém. Uma mulher que usa chapéu é facilmente considerada mais estilosa, moderna e confiante. O melhor é que existem vários modelos no mercado para usarmos em todas as estações. Agora, vamos começar pelo básico, conhecendo 15 tipos de chapéus femininos, seus nomes e características.

Country

As abas largas e curvadas para cima são uma característica fortíssima do chapéu country. Entretanto, o que muita gente não sabe é que cada modelo tem um nome, dependendo do tipo de aba, dos vincos, da copa, entre outras partes. Entre os tipos mais usados estão os clássicos gambler, gus e nevada, que têm a aba maior, e os preferidos de quem gosta do estilo country, cattleman e bangora. O chapéu country pode ser de palha, lona, feltro, couro, de variadas cores e modelos.

Fedora | Tipos de chapéus femininos

15 Tipos de chapéus femininos - nomes e características | Revista Oka

O Chapéu Fedora, também chamado de chapéu Borsalino, é uma homenagem ao seu criador Giuseppe Borsalino. As características principais deste chapéu são sua aba de tamanho médio e a copa com o vinco bem marcado. Os materiais que comumente a compõem são o feltro, a palha ou tecido tipo brim. O chapéu Fedora é um modelo muito jovial e que propicia muito estilo em qualquer ocasião. Com um design marcante e  descolado, este modelo é muito conhecido por estar entre os tipos de chapéus femininos mais queridos entre as famosas. 

Floppy

15 Tipos de chapéus femininos - nomes e características | Revista Oka

Suas principais características são sua copa bem arredondada e suas abas maiores que os outros modelos, porém não são tão estruturadas. Essa falta de estruturação em suas abas é proposital do modelo, visto que assim ele consegue emitir uma sensação de movimento a peça. Os olhos dos usuários também ficam mais escondidos, dando um ar mais misterioso, já que suas abas são mais longas, permitindo uma sombra no olhar. Pode ser produzido a partir da palha, feltro e até mesmo de tecido.

Paris

15 Tipos de chapéus femininos - nomes e características | Revista Oka

Feito em palha com abas retas, o chapéu Paris é inspirado na sofisticação francesa. Uma peça clássica e de alta qualidade, tecida à mão e construído a partir de uma fina camada de palha. O modelo surge como uma verdadeira beleza atemporal no mundo dos chapéus e aparece em três versões de tamanho: o aba pequena; 5 a 5 cm; aba média; 8 a 10 cm; e o Le Grand, de 15 a 18 cm. O chapéu Paris é feito artesanalmente, com palhas de coqueiros brasileiros. Está entre os 15 tipos de chapéus femininos mais estilosos atualmente.

Panamá

O estilo de um chapéu Panamá é determinado por duas características principais: a forma e o tamanho da aba e da coroa. Além disso, pode ser original (do Equador, confeccionados com palha toquilla) ou similar, em palha sintética. Suas abas são modeláveis, ficando da forma que deseja deixa-la, são encontrados nos modelos aba curta e aba grande, na cor natural que se aproxima ao bege claro e também outras cores como marrom (palha queimada) ou coloridos que são mais raros de se encontrar. O “grau” de um chapéu panamá é uma medida da qualidade do tecido de palha com qual é fabricado.

Pork Pie

O Chapéu Porkpie tem uma proposta mais jovial e antenada. É comum ser usado por grandes artistas dos E.U.A e pelo mundo todo. Possui aba curta (até 5 cm), curvada e copa achatada. O Pork Pie Hat foi um termo utilizado para definir diferentes estilos de chapéus desde meados do século 19, mas todos carregam uma semelhança com o prato chamado Pork Pie (torta de carne de porco). O primeiro a ser chamado assim foi utilizado por mulheres americanas por volta de 1830, durante a Guerra Civil Americana. Consiste de um pequeno chapéu arredondado, com as bordas do topo estreitas, abas médias e no corpo é utilizada uma fita.

Palheta | Tipos de chapéus femininos

15 Tipos de chapéus femininos - nomes e características | Revista Oka

Um tipo de chapéu de palha com textura rígida, muito popular nas primeiras décadas do século XX. Sua aba é reta com 5,5 cm, sua copa é baixa e achatada com 8 cm. Nos anos 30 o palheta foi largamente usado pelos boêmios do bairro da Lapa, no Rio de Janeiro. A razão era o seu baixo custo somada ao seu formato (que evoca o que é tropical). Com isso, tal chapéu passou a fazer parte da figura do malandro, no imaginário popular brasileiro. Um exemplo é o Zé Carioca (que usa chapéu-palheta), personagem criado por Walt Disney para estereotipar o brasileiro. A textura desse chapéu é rígida, podendo ser utilizado logo acima das sobrancelhas como também mais direcionado com sua aba para cima. 

Matiné

Esse modelo tem abas bem grandes como o Floppy, porém mais estruturados. A diferença é por ser mais durinho, tem uma estrutura mais firme e as abas mais rígidas, que podem ser tanto grandes como médias. O mais clássico e como o nome já diz, cai bem para eventos diurnos e em locais abertos. Eles são super elegantes e combinam com uma produção mais chique até a mais descolada. Inspirado na era Vitoriana, ficou famoso por ser o chapéu da Audrey Hepburn no filme Bonequinha de Luxo.

Coco

O chapéu coco é um chapéu duro, de copa redonda e aba bem curvada dos lados podendo transmitir uma mensagem relacionada ao clássico e moderno. Usado por Charles Chaplin, o chapéu ganhou fama e até hoje é símbolo desse grande ícone. Essa é uma tendência retro e unissex . Confeccionado em lã ou em Poliéster. Dentre as variações, o chapéu coco em feltro é chamado derby.

Bucket

O chapéu estilo pescador, como o nome sugere, era muito usado pelos praticantes de pesca para se proteger da água e da chuva. Por isso, o acessório era feito com material impermeável, para não molhar e nem danificar a peça. Entretanto, o modelo se popularizou na década de 90, depois que muitos artistas do rap e do hip hop adotaram o chapéu como parte do look. Atualmente, muitas fashionistas e famosos continuam usando o bucket hat tradicional, mas o modelo da vez agora ressurge com novos materiais, como o jeans, veludo e couro, entre outros. Para quem curte uma boa mistura de estilos, aposte na combinação dos materiais inusitados com looks mais sóbrios, como alfaiataria e linho.

Clochê

15 Tipos de chapéus femininos - nomes e características | Revista Oka

Este modelo de chapéu é, essencialmente, feminino e se excede em feminilidade! Repleto de charme, ele é a cara dos anos 20 e permanece atual, combinando com looks mais retrôs. Nos anos 20 e 30, este modelo era associado à emancipação da mulher no mundo. A palavra “clochê” vem do francês “sino”, por seu formato característico e local em que surgiu. O clochê possui uma copa curvada e alongada de forma que se ajusta à cabeça de quem a utiliza. Há modelos mais maleáveis como o Clochê Paris e outros em feltro mais rígido, que são mais comuns. As abas são curvas e podem ser utilizadas para baixo e para cima.

Boina

15 Tipos de chapéus femininos - nomes e características | Revista Oka

Boina é um subtipo do boné, geralmente feito de lã e sem aba, e que surgiu em razão de os combatentes de blindados não se sentirem bem com uso de gorros ao efetuarem a manutenção das máquinas. Além do uso militar, a boina, está também associada aos pintores e é um complemento do traje típico dos escoceses. No Rio Grande do Sul, a boina muitas vezes substitui o chapéu do gaúcho. É também um acessório de moda largamente utilizado pelas mulheres. A boina adapta-se à volta da cabeça, muitas vezes é puxada para um dos lados, e a sua coroa mole pode ser formatada de uma série de maneiras. Hoje em dia são geralmente feitas de feltro ou de fibras acrílicas.

Gorro

15 Tipos de chapéus femininos - nomes e características | Revista Oka

Gorro é um subtipo do chapéu árabe, ou Barreto. É de formato redondo, sem abas, que cobre as orelhas e é usado tanto por homens, mulheres ou crianças para proteger contra o frio. Geralmente é feito de malha, tanto a industrializada como a tecida manualmente, como o tricô ou crochê. Nos países em que o frio é muito intenso, os gorros podem ser feitos de peles ou de outro material, como o couro, e são forrados com peles.

Casquete

O casquete é uma versão reduzida dos tão conhecidos chapéus. Caracteriza-se por ser estruturado, ter formato arredondado e dispensar abas, além de ser um dos acessórios mais usados por Kate Middleton e Meghan Markle. O casquete foi inspirado nos acessórios militares da Segunda Guerra Mundial. Normalmente, ele é preso aos cabelos com a ajuda de uma presilha  (fixa na peça) e, assim como o voilette, costuma ser ajustado de lado, o que deixa a produção ainda mais interessante. O casquete é uma opção para noivas que organizam casamentos em estilo retrô e que querem compor um look um pouco mais sóbrio ao véu e grinalda para subir ao altar.

Viseira

A Viseira é um acessório funcional que é preso na cabeça via uma tira com a forma da pala do boné. Pode ser confeccionado em vários materiais e fornece proteção. A viseira é bastante utilizada para caminhadas e partidas de tênis, sendo muito utilizado para práticas esportivas. É inegável o quanto a viseira vem se tornando uma acessório que transmite uma vibe fashionista a partir de composições cheias de personalidade e materiais que fogem ao óbvio.

Hey, Habib! Agora que você conheceu 15 tipos de chapéus femininos, seus nomes e respectivas características, fica mais fácil identificar qual deles combina melhor com a sua personalidade. Se possível, experimente todos eles! Entra estação, sai estação e sempre terá um chapéu para aquele momento especial. Ahh, quase me esqueço. Se quiser uma indicação de loja especializada em chapéus, recomendo a loja EFEITO MDC que é, literalmente, o mundo do chapéu. CLIQUE AQUI PARA CONFERIR 🙂

Leia Mais
O Empreendedorismo na Geração Z