A mais bela gordinha de São Paulo tradicional – Jéssica Motta

Hey, Habib! Conheça “A mais bela gordinha de São Paulo tradicional”. Jéssica Motta é a representante paulista no concurso “A mais bela gordinha do Brasil” na categoria tradicional. O evento criado pela modelo plus size e produtora de eventos Cláudia Ferreira,acontecerá no dia 16 de julho na cidade das Artes, na Zona Oeste do Rio de Janeiro. Conheça a história por trás da representante, bem como sua visão acerca de questões fundamentais quando eleita modelo de representatividade para uma sociedade em desconstrução.

É uma grande alegria ter sua participação em um concurso de nível nacional que valoriza a beleza das gordinhas do Brasil. Conta pra gente um pouco de você, da sua história, o que você faz e sobre a atual relação com a sua beleza e seu corpo.

“Me chamo Jéssica Motta, tenho 19 anos sou do interior de São Paulo, trabalho como modelo Plus size a 5 anos, tenho 1.65 e uso manequim 46/48, existe algumas modificações entre uma modelagem de cada confecção. Tudo começou lentamente desde a adolescência, através da agencia Andre Pereira Models de São Jose Do Rio Preto –SP, onde comecei minha carreira. A experiência em fazer parte de uma agencia foi suficiente para conhecer modelos, produtores e pessoas envolvidas com o universo Plus. Para que os convites para desfilar e fotografar aparecessem”.

“Duas das pessoas incentivaram minha carreira: minha mãe e meu pai que sempre me incentivaram e sempre me lembraram que a visão do meu corpo poderia mudar a vida de alguém. Pois a moda, a verdadeira, a que queremos, feita de brônquios e passarelas, está repleta de obstáculos. Onde ser uma top model não é mais uma questão de maçãs do rosto salientes, mas significa ser uma empresa, uma marca, uma empresária. A moda e o corpo carregam “sentidos” que se misturam e permitem a construção de nossa aparência, então, não deixe de vestir aquilo que você gosta. Aproprie-se da moda e manifeste o seu estilo e a sua beleza”.

O concurso “A mais bela gordinha do Brasil” tem como objetivo principal a elevação da autoestima e valorização da mulher real no país, tornando essa representatividade uma grande responsabilidade quando se é escolhida. O que você sentiu no momento da sua seleção e o que você busca passar na posição de destaque na qual se encontra?

Bom, ter a oportunidade de participar do concurso A Mais Bela Gordinha do Brasil, Foi sem dúvidas umas das melhores oportunidades; confesso que até fiquei emocionada pois o concurso nos oferece um leque muito grande de oportunidades, nas quais com a posição de destaque servirá para que eu possa incentivar mais pessoas, que não existe um padrão, o único padrão e se sentir bem e realizada”.

Em uma sociedade gordofóbica em processo de desconstrução, onde você enxerga que está a verdadeira problemática quanto à esse tipo de preconceito e qual solução real você indicaria para sanar de vez a questão?

“Não deixe de vestir aquilo que você gosta. Aproprie-se da moda e manifeste o seu estilo e a sua beleza. Olhe no espelho e valorize quem você é, bem como o que você gosta e se sente bem em vestir. E lembre-se sempre: o problema não está em você, mas na cultura de querer definir qualquer pessoa num mesmo “molde”. Ainda não consigo entender a lógica perversa em nossa sociedade de fazer alguém se sentir mal, acreditando que isso vai então “motivá-lo” a mudar. Talvez precisemos primeiro nos respeitar e nos sentir melhor sendo quem nós somos hoje, independentemente do nosso peso, para então poder mudar comportamentos. E não mudar (que para muita gente é sinônimo de “emagrecer”) para só então nos gostarmos e podermos mudar.”

Uma mulher fora dos padrões, principalmente quando acima do peso, sofre uma série de preconceitos, discriminações, dentre outros ataques internos e externos que podem levar a sérios problemas de saúde como a depressão, transtornos alimentares, dentre outros. Você já sofreu algo do tipo? Que conselho você poderia deixar para a mulher, independente da idade, que está passando por essa situação vexatória e qual argumento de conscientização você poderia deixar para o agressor que comete tais atos?

“Eu já passei por várias situações constrangedoras e acho que a pressão social, de fato, é um gatilho para o desenvolvimento de inúmeros problemas psicológicos e isso pode colocar a mulher em um círculo vicioso de cobranças e insatisfações. Por conta do episódio que viveu, a pessoa pode ter consequências emocionais e evitar buscar um profissional futuramente por associar a situação ao sentimento de julgamento e não aceitação. Todas as mulheres devem parar de fazer comparações e olhar para o que ela tem de belo. Isso passa pelo corpo e vai muito além.”

“Somos mais que um número de roupa ou uma característica física. Seja por conta de um episódio de gordofobia ou qualquer outra situação similar, a mulher não deve aceitar os padrões impostos pelos outros e pela sociedade. Ter autoestima está relacionada com saber que não preciso ser perfeita para me amar. Até porque não existe ninguém perfeito, mas, ainda sim, exigimos de nós mesmas padrões que acharíamos inconcebíveis se olhássemos friamente.”

Engana-se quem pensa que para ser A mais bela gordinha de São Paulo tradicional, pode-se ter hábitos desregulados, ou não precisa seguir uma série de cuidados com a saúde e práticas de beleza, certo? Deixa pra gente suas melhores dicas para manter o corpão com saúde e a beleza cada vez mais exuberante!

Manter uma alimentação saudável é importante não apenas para quem quer perder peso; cuidar do nosso corpo pode ser muito mais simples do que imaginamos. Também é importante cuidarmos de nosso corpo de fora para dentro. Alimentação equilibrada e utilizando alimentos como remédios, é essencial. Não é dieta. É alimentação saudável, com comida de verdade. Nosso organismo é uma máquina complexa que precisa de alimento para funcionar bem. Precisa de tudo, vitaminas, minerais, carboidratos, gordura e proteínas. A grande dica é seguir a pirâmide alimentar, analisando todos os alimentos de que ela é constituída e de suas quantidades. Outro tipo de cuidado que devemos ter é com nossa pele, principalmente a pele do rosto”.

É importante sempre realizar uma limpeza de pele. Não apenas para eliminação de cravos e espinhas, mas no dia a dia, com o uso constante de maquiagem, deixamos nossos poros expostos a diversos produtos e com a limpeza profunda conseguimos manter a pele sempre renovada. Esses cuidados são essenciais. Não é porque são modelos Plus Size que não devem cuidar do corpo. Muito pelo contrário, estar com a pele sempre bonita, hidratada, ajuda e muito na hora de uma produção fotográfica. Além disso, a fotógrafa lembra que o cabelo também merece atenção. Quando as meninas se cuidam, se gostam do jeito que são, dá para ver isso através da câmera”.

JOGO R Á P I D O ! Sobre A mais bela gordinha de São Paulo tradicional”, responda com uma palavra:

  • 1- Minha maior vantagem quanto às outras candidatas: CARISMA.
  • 2- Meu maior desafio nesse concurso: GANHAR.
  • 3- O concurso “a mais bela gordinha do Brasil” significa: TUDO.
  • 4- Minha maior luta é: VENCER.
  • 5- Eu mereço ganhar porque: EU LUTEI MUITO PARA CHEGAR ATÉ AQUI.
A mais bela gordinha de São Paulo tradicional

Agora que você conheceu A mais bela gordinha de São Paulo tradicional, pode refletir melhor sobre sua história, bem como sua visão acerca de questões fundamentais quando eleita modelo de representatividade para uma sociedade em desconstrução. Pronta para decidir para quem vai a sua torcida no concurso A mais bela gordinha do Brasil? Clique AQUI para saber mais sobre o grande dia e acompanhe as demais entrevistas com as candidatas clicando AQUI. Gostou? Acesse diariamente a Revista Oka e conheça histórias surpreendentes de mulheres empoderadas que fazem a diferença!

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Top 3 Stories

Leia Mais
5 Tendências de maquiagem para 2019 que você pode apostar