De manicure a nail designer por Luisiany Christina
De manicure a nail designer por Luisiany Christina

De manicure a nail designer por Luisiany Christina

Hey, Habib! Hoje vamos contar a história da jovem Luisiany Christina criadora da Studio Luh Christina Nails  que falou sobre a sua trajetória de manicure a nail designer. A Revista Oka criou uma pauta especial para essa semana com o intuito de compartilhar histórias de mulheres florianenses empreendedoras e inspiradoras. Abrindo espaço para mulheres reais, sonhadoras e que seguem na batalha por seu lugar de destaque no mundo através da sua profissão, vamos abrir o coração para conhecer, acolher e apoiar. Confira!

Sobre Luisiany Christina

Luisiany Christina – Foto: Acervo Pessoal

Sou Luisiany Christina, tenho 22 anos de idade, sou Florianense, solteira, técnica em saúde bucal, universitária, manicure desde os 10 anos de idade e ha pouco tempo, profissional nail designer. Fui criada pelos meus avós maternos que nunca me deixaram faltar nada, mas sempre quis ser independente, aprender a caminhar com meus próprios pés. Sempre tive muitos sonhos, alguns deles já foram realizados, um deles é o meu cantinho, como chamo meu Studio.

Como tudo começou…| De manicure a nail designer

Sempre amei pintar unhas e vivia pegando os esmaltes da minha mãe pra pintar as minhas. Minha avó trabalhava em uma casa de estudantes; sempre que ela ia pra lá e eu não estava na escola, ia junto. A dona dessa casa de estudantes era muito vaidosa e tinha vários esmaltes e materiais de arrumar unhas, um dia ela foi arrumar as unhas e eu estava lá. Ela vendo eu sentada, observando, me perguntou se eu queria arrumar as unhas dela e eu fui toda feliz (risos. Foi exatamente naquele dia que eu comecei a trabalhar como manicure, por incentivo da mesma que, dias depois, me presenteou com um alicate, uma lixa, uns 5 esmaltes e uma toalha. Foi exatamente com esses materiais que eu comecei.

Dona Rosa Sena, a quem eu sou profundamente grata, foi minha maior incentivadora e primeira cliente. Eu usava as poucas coisas que tinha além das dela, e ela ainda me pagava (risos). Com um tempo comecei a atender outras pessoas. Atendia a domicílio e algumas são minhas clientes até hoje. Apesar de amar de verdade o que fazia me senti envergonhada inúmeras vezes com as risadas das amigas de escola, com comentários desmotivadores, não tive muito apoio de amigos. Algumas vezes ouvi que iria me atrapalhar na escola, que eu ia perder o foco, até que ao ver que não, minha avó começou a me incentivar também e aí ficou bem mais fácil. Porém, por conta da escola, tive que parar por uns dois anos.

A realização vem com a ação de começar

Como estudava pela tarde e estagiava de manhã, não tinha tempo. Quando voltei a atender, sempre guardando dinheiro, depois de um bom tempo atendendo, consegui realizar o sonho de ter um local mais confortável pra atender minhas princesonas. Hoje, ha nove meses trabalho em casa, no meu cantinho pequeno, montado com todo carinho do jeito que eu sonhava quando comecei lá atrás com 10 anos. Hoje, além de trabalhar como manicure e pedicure, sou nail designer, trabalho com alongamentos também, e agora estou conseguindo conciliar com outro curso superior, que é integral.

Eu sempre falo para minhas clientes que tem oportunidade para todas nós que já trabalhamos na área e pra quem quer começar a trabalhar. Tem semanas que eu não dou conta de atender todas as pessoas que me procuram. Mas como eu também sempre digo, não é sobre começar tendo tudo, é sobre você começar, só começar. Ir atrás, se é aquilo que quer, e se esforçar pra ser boa, dar o seu melhor. Assim, a gente conquista nosso lugar, nossa clientela, a confiança das clientes e sem competitividade, sem tentar ser melhor que o outro profissional. A gente conquista é melhorando; eu conquistei meu público assim, principalmente sendo eu (risos). Fui recebendo minhas clientes como eu gostaria de ser tratada; recebendo bem as críticas, e tentando melhorar para oferecer o melhor sempre.

Investimentos e o impacto da pandemia

Meu primeiro investimento foi a reforma do local que hoje é o Studio; bancada e o expositor de esmaltes. Segui atendendo a domicílio enquanto organizava bem por aqui. Fiz dois cursos de Profissional Nail Designer e investi nos materiais; quando estava com o ambiente no ponto resolvi atender somente aqui. Aí veio mais uma dificuldade: trazer as clientes que eu atendia no conforto da casa delas pra o conforto da minha. Atendia donas de casa, mães, que precisavam estar em casa, e de repente eu precisei tirar isso delas. Então fui me adaptando à realidade de algumas; tento ao máximo não deixá-las na mão, a gente se organizou bem depois de um tempo.

De início, a pandemia me abalou demais. Quem é autônoma deve imaginar. Eu tive que parar todos os meus atendimentos de uma vez, foi um baque pra mim. Tinha acabado de investir em materiais novos, ainda bem que sempre fiz economias. Um conselho: não se percam nas finanças, se organizem nisso também; foi muito importante pra mim. Passei alguns dias sem atender e, depois de umas semanas, resolvi voltar mudando completamente a rotina. Costumava atender de 6 a 7 clientes por dia mas com o momento que vivemos hoje, atendo apenas duas clientes por dia e peço para que não venham acompanhadas. Sempre mantive meus materiais higienizados, esterilizados, usei luvas, matérias descartáveis, então só tive que redobrar os cuidados. Atendo minhas clientes usando máscara e elas também. Disponibilizo álcool em gel e local pra lavagem das mãos. No intervalo entre os atendimentos faço higienização da bancada, materiais, cadeiras.

De manicure a nail designer | Studio Luh Christina Nails

@studioluhchristinanails
  • Trabalho com unhas simples e decoradas;
  • Incluem cutilagem, esmaltação e decoração de mãos e pés ( simples 28 reais, e decoradas 30).
  • Aplicação de unhas postiças, e alongamento de unhas em gel e fibra de vidro ( gel 70 reais e fibra 90reais). Os valores estão bem explicadinhos no meu insta profissional;
  • Os agendamentos são feitos via direct no Instagram ou whatsapp e com antecedência;
  • Atualmente estou atendendo apenas no Studio, de segunda a sábado, com vagas reduzidas.

Primeiro eu queria dizer que sei que não é fácil; que a falta de incentivo de quem mais queríamos, nos desanima. Que a dificuldade pra chegar onde queremos faz a gente pensar em desistir. Queria dizer que vai dar errado algumas vezes, que realmente não é fácil. Primeiro, não é fácil ser MULHER, e mais difícil é ser uma mulher que busca a independência, a autonomia e o sucesso. Mas, não é impossível. O segredo está em não desistir (por mais clichê que essa frase pareça). O segredo está em você ser sua maior incentivadora; em você, só você. Mais que qualquer outra pessoa, você deve acreditar que vai dar certo e lutar todos os dias por isso. O segredo está em você buscar ser melhor que o seu “eu” de ontem, usar outras pessoas como referência mas nunca tentando ser melhor que elas; seja melhor que você.

Tenham foco, paciência, invistam em cursos, em capacitação, melhorem, tem espaço pra todas nós. Eu estou conseguindo, e você também vai, mulher, eu sei que vai. Dá a cara a tapa por teu sonho, e só vai; depois quando estiver colhendo os frutos de seu esforço, volte pra abraçar o seu “eu” que decidiu começar e principalmente o seu “eu” que não desistiu. Todo sucesso pra vocês que estão começando agora, não desistam.

Luisiany Christina

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Top 3 Stories

Leia Mais
A mais bela gordinha tradicional do RJ
A mais bela gordinha tradicional do RJ – Bruna Almeida