Miss Plus Size Uruburetama 2019 – Fernanda Barreto

Hey, Habib! Conheça cada uma das candidatas ao título de Miss Plus Size Ceará 2019 que acontecerá no dia 20 de Outubro no Teatro Riomar Papicu. Queremos que percebam a história de cada candidata bem como sua visão a respeito de questões fundamentais para conhecimento de uma Miss. Convidamos você a acompanhar cada candidata e avaliar não só sua beleza bem como sua comunicação e ideais. Com vocês, a Miss Plus Size Uruburetama 2019.

1) Conta pra gente um pouco da sua história de vida. Queremos saber de onde você é, onde mora atualmente, o que faz e como vem sendo a sua relação com o seu corpo.

“Eu me chamo Fernanda Barreto, tenho 29 anos, nasci e me criei em Uruburetama interior do Ceará, onde vivi a maior parte dos meus anos junto da minha família. Na infância tinha o sonho de ser modelo ou atriz e comecei a participar de desfiles de moda que eram realizados na minha cidade. Com o tempo vi meu sonho se desfazer pois comecei a engordar e, apesar de sempre ter achado bonito mulheres gordinhas, não aceitava de maneira alguma as mudanças que ocorriam no meu corpo. O ano era 2009 e eu desconhecia completamente o segmento Plus Size”.

“Me vi com a autoestima destruída por não ter acesso a roupas que me deixassem jovem e bonita. Também era de uma igreja muito rígida e isso acabava limitando ainda mais as roupas que eu poderia vestir. Eu entendi aí a importância do auto amor na vida de uma mulher. Anos depois, minha vida sofreu uma reviravolta e atualmente moro em Fortaleza e trabalho diretamente com a autoestima das mulheres: Sou Maquiadora e Hairstylist. Depois de muito lutar contra o meu corpo, de ter emagrecido, de ter voltado a engordar, hoje, no auge dos meus 90 kg, eu sinto que estou iniciando a melhor fase da minha vida”. 

2) O que te motivou a se candidatar ao título de Miss Plus Size Ceará 2019?

“Eu conheci o concurso através de duas candidatas dos anos anteriores, as quais eu patrocinei como maquiadora, uma inclusive foi a nossa querida Isabel que infelizmente, tão cedo nos deixou. Desde então despertou em mim o desejo de participar do concurso, mas eu sempre fiquei em dúvidas pois ainda não aceitava totalmente o meu corpo. Fiquei com medo de levantar uma bandeira e não ser capaz de sustentá-lá. Nesse ano de 2019, após muitos acontecimentos, estava novamente em uma fase de baixa autoestima, voltando às crises de ansiedade e depressão, e temendo cair nessa situação novamente, resolvi que eu tiraria o foco dos meus problemas e faria uma campanha pelo Dia da Mulher no meu Instagram”.

“Como sou maquiadora, sei que muitas vezes o uso da maquiagem é incentivado para nos transformar e, por vezes, há o lado negativo de acharmos que precisamos ser outra pessoa para sermos bonitas. Então, decidi que faria uma campanha mostrando a beleza da mulher real, que é bela com e sem maquiagem, e em parceria com um amigo fotógrafo, fizemos as imagens das mulheres que conseguimos. Uma negra, uma gorda, uma mãe solo, e uma que venceu o câncer. Focamos em um “antes” belíssimo e fizemos o “depois” da maquiagem, apenas despertando o que elas tinham de melhor, sem transformar”.

“No penúltimo dia de campanha, às vésperas do dia 8 de Março, eu estava no meu pior momento de crise nos últimos anos. Cheguei a pensar que, mais uma vez, tentaria contra minha vida, mas de madrugada, em meio aos meus pensamentos, me veio uma luz e eu entendi que essa luta não era por mim, mas que eu poderia me posicionar na frente da batalha e representar tantas outras mulheres que passam pelas mesmas lutas que eu”.

“Decidi que era hora de assumir quem eu sou. 3 horas da manhã, liguei pra o meu fotógrafo, de manhã cedo ele já estava na minha casa e fiz as fotos que eu nunca havia tido coragem de fazer; de roupa íntima, coloquei o corpo para jogo e mostrei quem eu realmente sou e foi a partir desse momento que eu decidi que seria candidata ao Miss Plus Size 2019. Costumo dizer que essa campanha me salvou e hoje eu estou aqui para representar todas essas mulheres que eu carrego dentro de mim”.

3) Representar a beleza de tantas mulheres é um privilégio e grande responsabilidade. O que você sentiu ao ser Miss Plus Size Uruburetama 2019?

“Para mim, esse título de Miss Plus Size Uruburetama, a primeira Miss Plus Size da história da minha cidade, é muito mais do que uma honra; para mim, é uma missão e sinto que tudo que eu vivi até aqui me preparou exatamente para esse momento”.

4) Sabemos que você está vivenciando uma rotina com compromissos de Miss que envolvem uma série de preparativos que antecedem o dia do concurso. O que você vem fazendo e como está sendo a experiência?

“Como estou sendo uma das últimas candidatas a entrar no concurso os compromissos de Miss ainda não iniciaram para mim, efetivamente. Somente as preparações já me deixam extremamente feliz, pois é um momento em que eu foco em mim, nos meus sonhos e objetivos; tenho certeza que tenho muito a crescer e aprender em cada compromisso e no convívio com minhas colegas candidatas. Essa experiência me faz sentir viva”! 

5) Uma Miss ganha facilmente os holofotes e acaba inspirando mulheres com sua beleza e comportamento. Qual o peso dessa responsabilidade pra você e como pretende lidar com isso?

“Sinto esse peso desde já. Desde a campanha que realizei, tive contato com os anseios de muitas outras mulheres que vinham desabafar, conversar e ali já entendi o tamanho da responsabilidade que eu teria. A palavra que tenho pra isso tudo é Gratidão. Meu coração fica repleto de alegria quando vejo que posso ajudar e inspirar muitas outras mulheres e tenho certeza de que é isso que eu quero fazer; não à toa, a minha campanha se chamava “Inspire uma Mulher”. Nada é por acaso”. 

6) Na sua opinião, qual a importância do concurso Miss Plus Size?

“Eu vejo o Miss Plus Size como uma revolução no mundo da beleza, no universo feminino. Uma ferramenta muito importante para o processo de empoderamento de cada candidata e, consequentemente, de todas as mulheres as quais poderemos atingir com nosso exemplo. Nos coloca no mesmo patamar das “mulheres padrão” e isso ainda incomoda a sociedade. As pessoas querem nos ver acuadas, nos sentindo mal por ser quem somos e o Miss Plus Size vem nos levantar, nos colocar em posição de rainhas e nos mostrar o poder que temos quando nos olhamos com amor”. 

7) Qual o seu diferencial diante de tantas outras personalidades que, assim como você, sonham e disputam o título de Miss Plus Size Ceará 2019?

“Eu acredito que um dos meus principais diferenciais em tudo que eu faço é a minha paixão. Eu não entro em um projeto se eu não estiver disposta a dar o meu melhor. Com o Miss Plus Size não seria diferente. “Fernanda” tem origem teutônica e significa Ousada. Desconheço um melhor nome para mim. Todas as minhas experiências, me prepararam para estar aqui, com coragem e determinação, sempre levantando a bandeira da liberdade da mulher ser o que ela quiser”. 

8) Pra você, qual o papel de uma Miss e o que mudaria na sua vida caso seja eleita Miss Plus Size Ceará 2019?

“O papel de uma Miss, em especial, de uma Miss Plus Size é dar voz às demais mulheres que ela representa, devendo ser um exemplo, ser luz para quem a rodeia. Vai muito além de representar fisicamente; é ter compromisso com aquilo a que se propôs. Com o título de Miss Plus Size Ceará 2019, a minha voz teria ainda mais alcance, ecoando as vozes de tantas Marias, Marinas e Reginas que lutam diariamente pelo empoderamento e pela igualdade das mulheres em todos os setores da atualidade”. 

9) Uma Miss Plus Size está representando muito mais que a beleza estética e inegavelmente fortalece o empoderamento e representatividade de mulheres que sofrem com tantos padrões impostos pela sociedade. Como você enxerga essa luta nos dias atuais?

“Eu fico extremamente feliz com a força que o movimento Plus Size tem demostrando nos últimos tempos. Eu sou uma das mulheres que foi influenciada e resgatada por esse movimento e é por isso que sinto necessidade de ajudar as mulheres ao meu redor nesses processos de desconstrução, aceitação e auto amor. Já passou da hora de todos entenderem que beleza de uma mulher jamais deveria ser medida pelo número do manequim”.

10) Que mensagem você deixa para mulheres que ainda não se sentem livres para desfilarem com seu corpo sem ligar para julgamentos? Aquele apoio de coração!

“Só quem vive esse tipo de cobrança sabe que dói, machuca, sangra. Mas quando você resolve olhar seu corpo com mais amor, tudo isso vai sendo curado. Tá tudo bem querer mudar o que não lhe satisfaz, e tá tudo bem estar satisfeita com quem você é e não querer mudar. Você também não precisa estar bem todos os dias. Os dias maus também fazem parte de quem somos. O que não faz nada bem é sofrer e esconder quem você é hoje, esperando pra ser feliz amanhã, quando você for como queria (ou como queriam que você fosse)”.

“Entenda que todas as marcas e mudanças que o tempo traz, fazem parte da construção do MULHERÃO DA PORRA que você é e que padrão nenhum é capaz de definir ou representar o real valor que você tem. Entenda que você é linda, maravilhosa, alegre e tão incrível que a sua beleza jamais vai se resumir no formato do seu corpo, por que diante do seu brilho, isso não passa de um mínimo detalhe”.

Habib! Essa foi a Miss Plus Size Uruburetama 2019. É com muito orgulho que a Revista Oka foi escolhida revista digital oficial do Miss Plus Size Ceará 2019. Teremos diariamente uma entrevista com cada Miss candidata ao título. Vale lembrar que a entrevista foi dada de forma transcrita sem alteração ao conteúdo da mesma (salvo correções ortográficas). Estarei cobrindo esse grandioso evento e mostrando tudo pra você! Acompanhe-nos diariamente e espia nosso insta <3

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Top 3 Stories

Leia Mais
Pequenas empreendedoras curitibanas para apoiar nessa quarentena
Pequenas empreendedoras curitibanas para apoiar nessa quarentena