Miss Plus Size Paraná 2019 - Vanessa Ramos
Miss Plus Size Paraná 2019 - Vanessa Ramos

Miss Plus Size Paraná 2019 – Vanessa Ramos

Hey, Habib! Entrevistamos a Miss Plus Size Paraná 2019 – Vanessa Ramos. Conheça uma das candidatas ao título de Miss Plus Size Nacional 2019 que acontecerá no dia 30 de Novembro no Novotel Porto Atlântico – Rio de Janeiro às 18hrs. O concurso criado pelo pioneiro Eduardo Araúju, com direção de Marcos Salles e produção da Cenário Produções, promete um show de beleza, empoderamento e representatividade.

Queremos que percebam a história de cada candidata bem como sua visão a respeito de questões fundamentais para conhecimento de uma Miss. Convidamos você a acompanhar cada Miss e avaliar não só sua beleza bem como sua comunicação e ideais. Com vocês, a Miss Plus Size Paraná 2019.

Vamos começar com uma breve apresentação. Nome, idade, ocupação, de onde você é, qual estado / categoria você vai representar e como vem sendo a sua relação com o seu corpo.

Foto: Divulgação

Meu nome é Vanessa Ramos, 38 anos ,trabalho como operadora de caixa no comércio da minha família, em Curitiba, no Paraná. Representante da categoria tradicional. Entrei em uma rotina muito mais disciplinada com meu corpo e minha mente, por conta do concurso.

Divide com a gente: o que te motivou a se candidatar ao título de Miss Plus Size Nacional 2019?

Sinceramente, tive a oportunidade de participar apenas de um concurso até agora aqui no Estado do Paraná. Foi uma experiência super gratificante, porém, fui a primeira representante Afro a desfilar na categoria Plus Size em um concurso estadual. Sobre isso, já temos um indicador desfavorável para nós em representatividade. Porquê a nossa estética negra e nossos cabelos são vistos como novidade. Ainda mais aqui no Sul, que sempre foi vendido como berço de colonização européia.

Não somos novidade, e nem tão pouco as pessoas se questionam sobre a falta de representatividade de Mulheres Negras. Nos Concursos do Rio, em especial do Eduardo Araúju vejo essa preocupação com a representatividade e diversidade. Foi fabuloso ver o ano passado uma representante negra vice e mais quatro recebendo faixas de Miss. Me encorajei a participar sem medo de ser avaliada, pois ainda predomina aqui no Brasil , uma lógica e um mercado que ainda invisibiliza a estética negra. Sabe o que é essa invisibilidade da estética negra? Olha, uma Mulher Negra e Plus, sabe muito bem. Já que estamos aí, na representatividade, não daremos passo atrás.

Representar a beleza de tantas mulheres é um privilégio e também uma grande responsabilidade. O que você sentiu ao ser representante de todo um estado no Miss Plus Size Nacional 2019?

Como uma criança em primeira viagem. De repente você vira referência, de comportamento, de estilo, de idéias para outras que se identificam com você. É maravilhoso! Mas acho que o ganho é maior do que isso ,no meu caso, em especial. Não há somente, uma quebra de padrões na questão do tamanho, mas também na questão identitária. Ainda mais, sendo aqui no Sul. Vitória dupla!

Sabemos que você está vivenciando uma rotina com compromissos de Miss que envolvem uma série de preparativos que antecedem o dia do concurso. O que você vem fazendo para se preparar física e mentalmente para o grande dia e como está sendo a experiência?

Está sendo uma experiência única! Estou realmente focada como uma atleta, e aproveitando o máximo dessa nova experiência. Estou fazendo um planejamento diário, e focando em melhorar a minha disciplina pessoal. Estou também me abrindo para mexer meu corpinho, é um desafio para mim, pois devido ao clima frio aqui do Sul, a gente logo arranja desculpas para não fazer atividade física.

Uma Miss ganha facilmente os holofotes e acaba inspirando mulheres com sua beleza e comportamento. Qual o peso dessa responsabilidade pra você e como pretende lidar com isso?

Vejo que o peso dessa responsabilidade, hoje com as redes sociais é muito grande. Inclusive com o quê é dito. Mas a função de empatia e cordialidade de uma Miss nunca muda. Independente de sua posição, ou ideia.

Na sua opinião, como Miss Plus Size Paraná 2019 , qual a importância do concurso Miss Plus Size Nacional?

Além de ser um concurso de prestígio, por conta do profissionalismo da equipe do Eduardo Araúju. Não é um concurso que apenas coloca o negro para se dizer que existe representatividade. Desculpa eu colocar essa questão novamente, mas antes do meu tamanho ou peso, vêm a minha identidade. Então o Miss Nacional, não somente respeita, mas ajuda no empoderamento da identidade também.

Não é somente questão de respeito, porquê isso é condição de qualquer consciência humana, de fato, mas o Miss Nacional, ajuda a perceber a beleza única de cada Mulher, independente de sua origem. Além do Rio ser o Caldeirão Político e Cultural do nosso País. O que se faz no Rio, vira tendência cultural autêntica, pois vêm do nosso povo misturado. O ganho em nossa diversidade e representatividade é enorme.

Qual o seu grande diferencial diante de tantas outras personalidades que, assim como você, sonham e disputam o título de Miss Plus Size Nacional 2019?

É inegável respeitar , acima de tudo, a história de cada Mulher Maravilha que se dispõe, a se expor e quebrar paradigmas por uma causa, como é a causa Plus. Mas, como te disse, minha causa vai além, porquê ela abrange não só a questão da representatividade de uma Mulher Negra e Gorda com mais de 35 anos.

É como podemos transformar a exigência que a vida muitas vezes nos limita, como me senti muitas vezes com meus problemas de saúde e financeiros, em uma cura interior e ressignificação da própria carga que está sobre nossas costas. Transformamos o preconceito em Coroa. Desculpe falar em nós. Mas não caminho só. Minha luta é coletiva.

Pra você, qual o papel de uma verdadeira Miss e o que mudaria na sua vida caso seja eleita Miss Plus Size Nacional 2019?

Uma verdadeira Miss oferece respostas às Mulheres do seu tempo. Como está sendo a Miss Brasil eleita agora, a maravilhosa Julia Horta, que traz questões de mudança. Como foi com a nossa querida Raissa Santana , negra, e eleita pelo Paraná. Hoje a representatividade da Raíssa com sua descoberta nos cabelos é maravilhosa para outras meninas. Assim será comigo. Tenho muita coisa para ouvir, aprender e para falar também.

Realmente eu me sinto como a noite que a Cinderela, terá no Castelo, porquê além da minha família achar piração minha sonhar alto assim, estou tendo o privilégio de ser acolhida por Mulheres Maravilhosas que estão me ajudando na caminhada.

Uma Miss Plus Size está representando muito mais que a beleza estética e, inegavelmente, fortalece o empoderamento e representatividade de mulheres que sofrem com tantos padrões impostos pela sociedade. Como você enxerga essa luta nos dias atuais?

Olha só, eu sou da área de humanas, sou militante de causas sociais, estudante de sociologia. Isso é doce em nossa boca (risos). Lutamos nas trincheiras para isso, para vermos a ponta falar sobre empoderamento, sobre mudança de paradigmas, sobre respeito as singularidades.

Que mensagem você deixa para mulheres que ainda não se sentem livres para desfilarem com seu corpo sem ligar para julgamentos? Aquele apoio de coração!

Que aprendam a se amar ,e a se respeitar em primeiro lugar,procurem ajuda, se necessário, mas cuidem de si mesmas, antes de cuidarem dos outros. Somos Maravilhosas porquê fazemos coisas grandes, apesar da sobrecarga que nós é imposta diariamente. Nem um passo atrás, amadas!

Habib! Essa foi a Miss Plus Size Paraná 2019. A Revista Oka acredita e apoia o reconhecimento da beleza singular de cada mulher para o verdadeiro empoderamento composto por representatividade. Acompanhe as entrevistas feitas com outras candidatas ao título e decida pra quem vai a sua torcida. Quem vai ser eleita Miss Plus Size Nacional 2019 ? Comenta!

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Top 3 Stories

Leia Mais
Vai ter jovem piauiense bolsista em Nova York, sim senhor!
Vai ter jovem piauiense bolsista em Nova York, sim senhor!