fbpx
Orientação gratuita para novos designers na quarentena
Orientação gratuita para novos designers na quarentena

Orientação gratuita para novos designers na quarentena

Hey, Habib! Mário Queiroz oferece orientação gratuita para novos designers durante a quarentena. O Designer, Consultor e Professor de Moda, orientará online projetos de 15 novos designers durante o mês de maio. Criativos de todo o país, que tenham concluído o curso de Design, poderão se candidatar. Uma iniciativa que demonstra o quão transformadora pode ser uma ação individual de impacto positivo no coletivo. Saiba mais sobre esse projeto e como se candidatar.

Conheça Mário Queiroz

Imagem: Mário Queiroz (acervo pessoal)

Mário Queiroz é designer, consultor e professor de Moda. Doutor em Comunicação e Semiótica pela PUC – SP, onde também realizou seu mestrado. Graduado em Comunicação Social pela Universidade Federal Fluminense e pós-graduado em Negócios da Moda (UAM – SP). Criador e organizador do evento Homem Brasilleiro e autor do livro Homens e Moda no Século XXI.

Incentivo e conscientização na quarentena

Mário Queiroz destacou a necessidade de iniciativas individuais para contribuir com o coletivo através do incentivo ao cumprimento da quarentena e do movimento mundial #stayhome | #fiqueemcasa. “Eu acho importante cada um de nós fazer a sua parte nesse momento da pandemia e considero mais importante a gente apoiar todos os cientistas, médicos e equipe de linha de frente, ficando em casa. Acho que só assim vamos conseguir minimizar os problemas”, explicou.

A iniciativa surgiu de uma reflexão sobre como contribuir através do seu próprio conhecimento e ajudar no combate a um dos pontos que dificultam o isolamento social saudável. “Eu estive pensando que poderia fazer alguma coisa com minha área de conhecimento. Acredito que um dos problemas dessa questão de ficar em casa é a falta de produção cultural e a questão de saúde mental. Então tive a ideia de fazer aquilo que normalmente faço nas empresas ou nos cursos de pós graduação, que é analisar os trabalhos dos alunos, dos jovens designers, seus projetos e dar uma orientação de forma a torna-los mais profissionais”, destacou.

Como vai funcionar o projeto de orientação gratuita para novos designers durante a quarentena

Imagem: Via Google

Após divulgar em suas redes sociais e ter o compartilhamento de amigos apoiadores da iniciativa, Mário deu start a uma seleção de talentos e oferecerá uma orientação gratuita para novos designers durante a quarentena. “A ideia é escolher 15 entre os inscritos, que estão enviando um currículo e um croqui para eu conhecer minimamente o seu potencial. Assim, vou trabalhar o mês de maio inteiro com eles, tentando orientar, fazendo com que fortifique um trabalho para o portfólio deles para que na hora que podermos voltar às ruas e para o mercado, eles se sintam mais animados e mais fortes“, enfatizou.

Dicas especiais para os novos designers e mensagem aos colegas de profissão

Eu acho que um designer, seja ele de moda ou de outra área, precisa ter uma bagagem cultural muito grande. Eu sempre digo que um estudante de moda não tem que entender apenas da moda. Ele tem que entender muito de moda na parte tanto teórica quanto prática mas ele precisa ser um indivíduo atento a todas as outras áreas do conhecimento. Ele vai atender a sociedade, ele não vai fazer um produto para ele mesmo; então ele precisa entender os movimentos sociais e políticos. Ao contrário do que muitos pensam é uma profissão muito difícil e, à princípio, muitos estudantes entram em escolas de moda pensando apenas no glamour e em ser famoso, o que raramente acontece. O importante, na verdade, não é isso; é ter um ofício, ser feliz nele e promover algum bem” , disse Mário Queiroz.

Um apelo e uma necessidade | orientação gratuita para novos designers durante a quarentena

Mário aproveitou para fazer um apelo aos colegas de profissão que podem estar aflitos nesse momento de pandemia e falou sobre as transformações que acredita serem necessárias desde já. “Aos meus colegas de profissão, desejo que tenham tranquilidade; não é fácil, tem os problemas financeiros, mas que busquem força na cultura, na arte, na espiritualidade e acima de tudo #fiquememcasa e estimulem seus próximos a obedecer a quarentena, pediu”.

Entre as grandes mudanças que a moda vai sofrer após esse momento de pandemia é a importância do reconhecimento de nos unirmos; de trocarmos experiências e deixar de ser um grupo tão distante uns dos outros. Admirar mais o trabalho um dos outro, nos ajudarmos e através disso conseguirmos, por exemplo, comercializar melhor e que os jovens designers tenham mais espaço. Acredito que a moda autoral será mais reconhecida depois dessa pandemia”, pontua.

A Revista Oka apoia e faz questão de repercutir iniciativas como essa. Se você conhece um designer recém formado e que pode estar precisando dessa oportunidade, compartilhe essa matéria o quanto antes. As inscrições vão até 24 de abril de 2020. Os interessados a concorrer à uma das 15 vagas deve enviar seu currículo e um croqui para o endereço de e-mail: marioqueiroz@marioqueiroz.com.br

Se você curte MODA, confira nossas dicas de imagem e estilo clicando AQUI.

Comentários

Leia Mais
Sororidade Brasil: Desconstruindo para construir por Tanara Tavares
Sororidade Brasil: Desconstruindo para construir por Tanara Tavares